quarta-feira, 18 de abril de 2018

Retranca FC 3x0 Brazucas FC


Grande estreia!
Jogando pela primeira vez em sua história uma competição de futsal, Retranca representando a Nigéria estreia com vitória por 3x0.
Apesar de desconhecer a modalidade, Retranca estreou fazendo grande partida e vencendo

O Retranca foi convidado para fazer parte da Copa do Mundo SESC de Futsal e optou em representar a seleção da Nigéria. No Grupo B ainda tinha o Brazucas representando a Seleção Brasileira e o Soberanos representando a Seleção Belga.

Na abertura, um desconhecido Brazucas, porém, a única dica é que era uma equipe acostumada ao futsal, mas os comandados do técnico Alessandro não tomaram conhecimento do adversário.

Com Elikis; Gerson, Pontiolli, Willian e Thiago Assis, o Retranca entrava em quadra em busca da vitória.

Logo a 2 minutos abriu o placar com Thiago Assis numa bela jogada de toda a equipe.

O adversário mal lamentou o gol sofrido e Pontiolli recebendo um passe de Thiago Assis ampliou aos 9 minutos para 2x0.

Aos 14 minutos, Pontiolli num grande contra ataque retribuiu e deixou na medida para Thiago Assis fazer 3x0.

No intervalo a ordem era de manter a mesma determinação e garantir a vitória, porém, o adversário se fechou na defesa e aguardou o tempo passar.

Com a vitória, o Retranca precisa de um simples empate contra o Soberanos para avançar para as Quartas de Final.

RETRANCA FC 3X0 BRAZUCAS FC
Retranca FC: Elikis; Gerson, Pontiolli, Willian e Thiago Assis.
Gols: Thiago Assis (2) e Pontiolli.

quinta-feira, 12 de abril de 2018

Retranca FC 0x1 Paraná FC


Por água abaixo...
Debaixo de muita chuva, Retranca não faz boa partida e perde a Final para o Paraná por 1x0.
Em pé: Elikis, Marcelo, Anderson, Xilipoka, Leco, Alex, Gerson, Willian e Gui. Agachados: Paulinho, Claudinho, Alan, Ceará, Higor, Pontiolli, Mário, Robertinho e Josiel.

Muita expectativa, ansiedade e a troca de local da partida devido as fortes chuvas que caíram na região envolveram a grande final da Copa LIFA Araújo Imóveis 2018 entre Retranca x Paraná na quadra de Society da ASPMI.

O Retranca sonhava com seu segundo título no ano, o primeiro havia sido conquistado em Janeiro na Recopa da LIFA diante do mesmo Paraná.

O técnico Augusto iniciava a partida com Paulo; Alex, Anderson e Gui; Willian, Ceará e Claudinho; Marcelo. Alan, Mario, Gerson, Josiel, Pontiolli, Robertinho, Higor e Leco eram os suplentes.

A partida começa equilibrada e com raras chances de gol para ambos os lados, o Retranca tinha mais posse de bola, porém tinha muita dificuldade para criar.

Aos 11 minutos Gui recebe pela esquerda e bate forte, cruzado e a bola passa rente a trave.

Com um jogo de muitas faltas o Retranca abusava de desperdiçar as cobranças de falta e o primeiro tempo fica no 0x0.

No segundo tempo, o técnico Augusto pede mais concentração no última passe e principalmente nas cobranças de falta.

Mas logo a 3 minutos, Gui sai driblando, perde a bola no campo de defesa do Paraná, Willian não consegue parar o marcador adversário que rola para o centroavante Buda aproveitar o erro de Anderson na defesa e fuzilar o gol de Alan, era o gol do Paraná.

Após o gol, o Paraná fica recuado e o Retranca pressiona, porém, o último passe continuava não saindo e no último minuto, Gui da lindo passe para Ceará, que livre perde o tempo de bola e chuta pra fora, desperdiçando a chance do empate.

Todo o elenco do Retranca saiu de campo de cabeça baixa, porém, o discurso foi unânime: VAMOS PARA A PRÓXIMA!

RETRANCA FC 0X1 PARANÁ FC
Retranca FC: Paulo; Alex, Anderson e Gui; Willian, Ceará e Claudinho; Marcelo. Suplentes: Alan, Mario, Gerson, Josiel, Pontiolli, Robertinho, Higor e Leco.

quinta-feira, 22 de março de 2018

Retranca FC 2x1 Jardim Itália FC


NA FINAL!
Em partida emocionante e equilibrada, Retranca passa por apuros mas se garante na grande final da Copa LIFA Araújo Imóveis 2018.

Retranca suporta pressão, vence e chega em mais uma final
O Retranca havia vencido o jogo de ida por 3x2, apenas um empate seria necessário para carimbar o passaporte para a Final, porém, do outro lado havia um perigoso e poderoso Jardim Itália.

O técnico Augusto inicia a partida com Paulinho; Leco, Anderson e Alex; Pontiolli, Willian e Ceará; Marcelo. Mario, Josiel e Higor eram os suplentes.

A partida mal começa, na posse do Retranca, Ceará perde a bola no meio, mas Ciê recua a bola para trás, nos pés de Marcelo, que apenas tira do goleiro e sair comemorando o gol logo a 15 segundos de partida.

O que era para trazer tranquilidade e achar que o adversário sentira o gol, foi totalmente ao contrário, o Retranca esqueceu de jogar e viu um Jardim Itália pressionar, pressionar muito.

O sistema defensivo começa a ter muito trabalho, aos 18 minutos Paulinho faz uma defesa mágica a queima roupa, após vacilo na marcação.

Só dava Jardim Itália e o Retranca mal passava do meio de campo, mas ia suportando a pressão e rezando para o tempo passar rápido.

Aos 24 minutos o golpe que poderia ser fatal, Anderson faz falta pela direita, a bola é rolada para Dumbo que chuta forte e Paulinho faz outro milagre jogando a bola para escanteio, na cobrança Darlan pega rebote após bate rebate e acerta um lindo chute para empatar a partida.

Terminando o primeiro tempo o técnico Augusto conversa com seus atletas pedindo mais concentração, mas parece que a conversa de nada adianta.

Precisando de um gol para levar a decisão para os pênaltis, o Jardim Itália se joga para o ataque e o Retranca bastante atrapalhado, pouco consegue criar e apenas se defende.

O tempo ia passando e o segundo gol do adversário parecia estar mais próximo.

O Retranca conseguiu suportar tamanha pressão até os 24 minutos da segunda etapa, Higor rouba bola no meio, avança e Marcelo sozinho, com toda frieza que é sua característica, empurra pro fundo do gol e faz 2x1, garantindo o Retranca em mais uma final.

O adversário será o Paraná, o mesmo que enfrentou na Recopa em Janeiro. Contra o Paraná o Retranca leva vantagem, em 14 jogos foram 7 vitórias, 3 empates e 4 derrotas, o Retranca marcou 32 gols e sofreu 16. Em decisões, o Paraná venceu uma e o Retranca venceu outra.

RETRANCA FC 2X1 JARDIM ITÁLIA FC
Retranca FC: Paulinho; Leco, Anderson e Alex; Pontiolli, Willian e Ceará; Marcelo. Suplentes: Mario, Josiel e Higor.
Gols: Marcelo (2)




segunda-feira, 12 de março de 2018

Retranca FC 3x2 Jardim Itália FC


PRIMEIRO PASSO DADO!
Em partida emocionante e de viradas, Retranca vence o Jardim Itália por 3x2 e depende de um empate para chegar na grande final.

Em pé: Alex, Leco, Anderson, Marcelo, Alan, Willian. Agachados: Ceará, Josiel, Pontiolli, Mário, Gui e Thiago Assis.


O Retranca iniciava a segunda parte do seu sonho de chegar na grande final da Copa LIFA Araújo Imóveis 2018, na semi final, encarava o perigoso Jardim Itália.

O técnico Augusto, motivado entrava em campo com Alan; Alex, Anderson e Gui; Pontiolli, Willian e Ceará; Marcelo. Leco, Mário, Robertinho, Thiago Assis e Josiel eram os suplentes.

A partida inicia com um Retranca pressionando o adversário, mas errava no último passe.

Aos 15 minutos, Ceará sofre falta na entrada na área, ele mesmo pede para cobrar e acerta o canto direito do goleiro, a bola explode na trave antes de entrar e ver o Retranca abrir o placar.

Após o gol, o Jardim Itália cresce e começa a pressionar em busca do empate e ele vem num vacilo do sistema defensivo aos 19 minutos.

No intervalo o técnico Augusto coloca Robertinho e pede mais cautela no último passe.

Aos 12 minutos o que ninguém esperava era um pênalti bem marcado pelo árbitro a favor do Jardim Itália, Dumbo, artilheiro da competição, cobra e vira a partida.

O Retranca ainda acreditava e volta a pressionar o adversário, aos 15 minutos Ceará cobra escanteio pela esquerda, Pontiolli bem posicionado aparece livre para cabecear e empatar a partida.

O Exército Dourado acreditava na vitória e aproveita que o adversário sentira o empate para buscar o terceiro gol.

Aos 18 minutos Marcelo recebe no meio da área, ajeita e rola para Robertinho fuzilar e marcar o terceiro gol, muita comemoração, o Retranca estava em vantagem novamente, que consegue segurar o placar até o final e sair de campo um pouco mais aliviado, sabendo que nada muda na próxima partida, haja vista a vantagem é minima diante de um adversário tão qualificado.

JARDIM ITÁLIA FC 2X3 RETRANCA FC
Retranca FC: Alan; Alex, Anderson e Gui; Pontiolli, Willian e Ceará; Marcelo. Suplentes: Leco, Mário, Robertinho, Thiago Assis e Josiel.
Gols: Ceará, Pontiolli e Robertinho.

quinta-feira, 1 de março de 2018

Retranca FC 4x3 Soberanos FC


HISTÓRICO!
Retranca de virada consegue a vaga para a semi final da Copa LIFA numa partida emocionante.
Exército Dourado esteve confiante e focada para alcançar a vaga para a Semi Final

Sonhando com o bi campeonato da competição, o Retranca tinha pela frente um dos melhore planteis da Copa LIFA Araújo Imóveis 2018 e favoritíssimo ao título, o Soberanos FC, que na primeira fase despachou o Mepe FC com duas vitórias. No jogo de ida entre Retranca x Soberanos, foi visto exatamente isso, um empate duro em 1x1 onde notou-se a força de um adversário que estava focado em chegar na semi final.

O técnico Augusto fez duas modificações em relação ao jogo de ida, o zagueiro Gerson lesionado deu lugar a Anderson e Rafa fazia a cabeça de área no lugar de Claudinho. A equipe que entrava em campo era: Alan; Alex, Anderson e Guilherme; Rafa, Higor e Roberto; Marcelo. Ceará, Claudinho, Leco e Pontiolli eram os suplentes.

A partida começa completamente favorável ao Soberanos, logo aos 30 segundos de jogo, Elton livre chuta forte e Alan faz uma importante defesa para salvar o Exército Dourado.

O Retranca demonstrava desorganização e até nervosismo no inicio do jogo e praticamente assistiu o adversário pressionar e de tato insistir, saiu o gol do Soberanos.

Aos 10 minutos, Gui derruba Pablo próximo a área, na cobrança Jonathan toca pelo lado da barreira e encontra o mesmo Pablo livre para desviar e abrir o placar.

A situação piorou aos 13 minutos, Pedrinho recebe no meio e arrisca, a bola pega força e velocidade e morre no canto direito de Alan que nada pode fazer, Soberanos 2x0.

Ninguém acreditava, porém, era hora de mexer na equipe para tentar mudar o panorama do jogo, Pontiolli entrava no lugar de Rafa.

A mudança surtiu efeito e aos 18 minutos, Pontiolli faz bela jogada pelo miolo do campo, toca para Robertinho livre apenas tocar para o fundo do gol, era a esperança.

No segundo tempo o técnico Augusto inicia com Claudinho e Leco, no lugar de Roberto e Alex.

Aos 7 minutos um dos gols mais lindos da competição, Leco recebe pela direita, rola no meio campo para Claudinho que da um toque pra frente e chuta, a bola pega efeito e morre no fundo do gol, um golaço, era o empate.

O Retranca pressiona em busca da virada, aos 19 minutos, Juliano faz grande jogada pela esquerda e cruza no pé de Marcelo, que oportunista, toca na saída do goleiro para botar o Exército Dourado a frente.

Aos 22 minutos Pontiolli rouba bola no meio campo, lança para Marcelo, que dá um drible desconcertante no zagueiro e toca pro fundo do gol, Retranca 4x2.

Aos 27 minutos o Soberanos ainda diminui, mas a heróica classificação do Retranca já estava encaminhada, Retranca 4x3 Soberanos.

No final da partida, Pontiolli foi eleito o melhor atleta em campo, o Retranca agora encara na Semi Final a equipe do Jardim Itália nos dias 04 e 11/03.

RETRANCA FC 4X3 SOBERANOS FC
Retranca FC: Alan; Alex, Anderson e Guilherme; Rafa, Higor e Roberto; Marcelo. Suplentes: Ceará, Claudinho, Leco e Pontiolli.
Gols: Marcelo (2), Roberto e Claudinho.

Assistam a partida comepleta no link https://youtu.be/SQ3NrVouZiU



quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

Retranca FC 1X1 Soberanos FC


EQUILIBRIO!

Retranca estreia na Copa LIFA Araújo Imóveis 2018 contra o poderoso Soberanos com um empate, decisão fica para a partida da volta, uma vitória simples classifica para a Semi Final.
De farda nova o Exército Dourado encontrou muitas dificuldades na partida e precisa vencer por qualquer placar para se classificar.

Com a vantagem de iniciar na segunda fase da Copa LIFA Araújo Imóveis 2018 após ser campeão da Recopa da LIFA 2018, o Retranca iniciou sua caminhada rumo ao Bi Campeonato desta competição neste final de semana, porém, pela frente um confronto que poderia ser uma final, nada mais, nada menos que o Soberanos FC, considerado um dos favoritos ao título desta competição.

Para este confronto marcava a estreia do meia Claudinho, destaque do Retranca em Gaspar e o retorno do zagueiro Anderson ao Exército Dourado. O técnico Augusto escalava a equipe inicial com Allan; Alex, Gerson e Guilherme; Claudinho, Higor e Robertinho; Marcelo. Rafa, Anderson, Leco e Juliano eram o suplentes.

A partida inicia com as duas equipes buscando o gol, o Retranca comemora primeiro, aos 5 minutos Robertinho recebe no meio, avança e chuta, mas pega mal na bola, Marcelo bem colocado aproveita a sobra e toca no canto do goleiro para abrir o placar, Retranca 1x0.

Após o gol ambas as equipes deixam a partida eletrizante e ambas busca o gol a qualquer custo, toda bola era disputada com raça e determinação.

Aos 20 minutos numa cobrança de escanteio, o sistema defensivo do Retranca não encontra nada pelo alto e vê o Soberanos empatar a partida.

No intervalo o técnico Augusto corrigi algumas posições e vai pro tudo ou nada em busca da vitória.

O jogo continua eletrizante...aos 15 minutos Guilherme voraz na partida tem uma boa chance, mas não consegue pegar bem na bola mas ainda acerta o travessão.

Aos 20 minutos Anderson erra e Elton livre tem grande chance, Alan opera um milagre e joga a bola para escanteio.

Mas o empate no fim agradou ambas as equipes diante da partida equilibrada e disputada, no dia 18/02 as 9:20 horas ambas as equipes se enfrentam, quem vencer passa para a Semi Final, um novo empate leva a decisão para as penalidades máximas.

SOBERANOS FC 1X1 RETRANCA FC
Retranca FC: Allan; Alex, Gerson e Guilherme; Claudinho, Higor e Robertinho; Marcelo. Suplentes: Rafa, Anderson, Leco e Juliano.
Gol: Marcelo.





terça-feira, 30 de janeiro de 2018

Retranca FC 2x0 Paraná FC


É CAMPEÃO..É CAMPEÃO
Retranca esquece os fracassos do segundo semestre de 2017 e abre 2018 com o título da RECOPA DA LIFA.



Retranca inicia o ano comemorando o título da Recopa da LIFA e agora busca o bi da Copa

Hora de esquecer todas as decepções do segundo semestre e sacudir a poeira e com a casa arrumada abrir o calendário 2018 já com uma Final pela frente. Chegam para reforçar o elenco o meia atacante Robertinho com passagens no Paciência e SERAB, para compor a zaga chega Aldo com passagens em vários clubes da região, o meia Claudinho outro com um curriculum recheado de conquistas em vários clubes da região, além do retorno do eterno Alemão de Aço, Willian e do paredão, goleiro Alan.

O técnico Augusto faz duras cobranças no vestiário, porém, ao mesmo tempo afirma que tem muita confiança no plantel e escala o time para enfrentar o campeão da LIFA 2017, Paraná com: Paulinho; Alex, Aldo e Guilherme; Willian, Roberto e Higor; Marcelo. Alan, Mario, Josiel, Batata, Pontiolli, Leco, Jonas, Juliano e Ceará são os suplentes.

A partida começa com um Retranca jogando inteiramente no ataque em busca do gol, Roberto e Higor entrosados, parecendo que jogavam juntos a tempos.

Logo aos 6 minutos, Alex cobra lateral pela direita, a zaga não alcança, Robertinho bem posicionado ajeitar "com açúcar" para Higor de frente pro gol estufar a rede, era o primeiro gol da partida, muita comemoração.

O Paraná tem dificuldade para chegar no ataque, a linha defensiva do Retranca trabalha com perfeição na marcação.

Aos 10 minutos, Guilherme afasta uma bola do campo de defesa, o zagueiro do Paraná vacila, Marcelo inteligente se antecipa e ajeita de barriga para Robertinho de muito longe chutar forte de perna direita e ver a bola morrer no fundo do gol, golaço e muita comemoração no primeiro gol do meia com a camisa do Retranca.

Após o gol, o Paraná tenta adiantar sua equipe e seu centroavante Buda além de dar trabalho para Aldo diante de sua habilidade e força física, perde a cabeça e sem bola pisa em cima de Willian no chão, mas a arbitragem fora do lance não vê.

O Retranca passa a administrar a partida até o final da primeira etapa para a conversa final com seu treinador.

No intervalo o técnico Augusto pede a mesma postura em campo até aqui, disciplina no sistema defensivo e audácia no ataque.

A segunda etapa inicia com o Retranca dominando e nas raras oportunidades do Paraná, o goleiro Paulinho fechou a meta fazendo boas defesas.

O Retranca ainda perdeu boas oportunidades de ampliar, mas segurou os 2x0 até o fim e soltou o grito de campeão. Com a conquista, entra somente na segunda fase da Copa da LIFA.

RETRANCA FC 2X0 PARANÁ FC
Retranca FC: Paulinho; Alex, Aldo e Guilherme; Willian, Roberto e Higor; Marcelo. Suplentes: Alan, Mario, Josiel, Batata, Pontiolli, Leco, Jonas, Juliano e Ceará.
Gols: Higor e Robertinho.